Salada Verde

Bolsonaro admite rever proposta de fundir Meio Ambiente com Agricultura

Diante da repercussão negativa, principalmente entre ruralistas famosos, o presidente eleito afirma que talvez mantenha os dois ministérios separados

Daniele Bragança ·
1 de novembro de 2018 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O presidente eleito, Jair Bolsonaro. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

Após uma enxurrada de críticas, principalmente de representantes do setor rural, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), admitiu hoje (01), em entrevista para TVs católicas, que talvez mantenha os ministérios do Meio Ambiente e da Agricultura separados.

“Pelo que tudo indica, serão dois ministérios distintos”, disse.

As cartas na mesa são as mesmas da campanha. Com um discurso que considera o meio ambiente um entrave para a economia, Bolsonaro até pode aceitar manter o ministério, desde que o comando seja dado para alguém não “xiita”.

“O Brasil é o país que mais protege o meio ambiente. Nós pretendemos proteger o meio ambiente, sim, mas não criar dificuldades para o nosso progresso”, afirmou. “Mas uma pessoa voltada para proteger o meio ambiente sem o caráter xiita, como foi em outros governos”.

Desde o anúncio, na terça-feira (30), sobre a fusão dos ministérios, ministros, ex-ministros e representantes dos setores ambientais e rurais se pronunciaram contra a proposta.

O atual ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afirmou que a proposta “trará prejuízos ao agronegócio brasileiro, muito cobrado pelos países da Europa pela preservação do meio ambiente”.

Até o senador Ronaldo Caiado (DEM), eleito governador de Goiás, considera a ideia equivocada.

A ex-ministra da Agricultura no governo Dilma e ex-líder dos Ruralistas no Senado, Kátia Abreu, afirmou, em vídeo, que a fusão parte de um pressuposto equivocado de que as funções do ministério do Meio Ambiente são apenas de regular a Agricultura. A ex-ministra também afirmou que o excesso de atribuições das duas pastas sobrecarregará o novo ministro. “Em time que está ganhando não se mexe”, disse.

A escolha dos membros do novo governo ainda está em andamento. Até a apresentação de todos os ministros e do novo modelo da estrutura ministerial, tudo pode mudar.

 

Leia Também

Ministro do Meio Ambiente sai em defesa do ministério

Bolsonaro confirma promessa: Ministério do Meio Ambiente deixará de existir

O que faz o Ministério do Meio Ambiente

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Dicionário Ambiental
15 de junho de 2014

O que faz o Ministério do Meio Ambiente

No centro das políticas ambientais brasileiras está o MMA. Entenda qual o seu papel.

Notícias
30 de outubro de 2018

Bolsonaro confirma promessa: Ministério do Meio Ambiente deixará de existir

Ex-MMA virará secretaria do Ministério da Agricultura, que ainda não tem indicação para ministro. Futuro do Ibama e o ICMBio é incerto

Salada Verde
31 de outubro de 2018

Ministro do Meio Ambiente sai em defesa do ministério

Em nota, Edson Duarte fala sobre a junção com a Agricultura e destaca diferença entre as agendas e os danos econômicos que a decisão poderá causar

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta