Fotografia

O Quero-quero

No final de dezembro passado, andar pelos campos do Planalto Catarinense perto dos quero-queros que usam a região como habitat era experiência...

6 de abril de 2006 · 16 anos atrás
No final de dezembro passado, andar pelos campos do Planalto Catarinense perto dos quero-queros que usam a região como habitat era experiência digna de “Os pássaros”, filme de Alfred Hitchcock. Ao menor sinal de estranhos próximos de seus ninhos, franziam a cara e começavam a piar estridentemente. Um passo em falso na direção do abrigo era suficiente para fazê-los decolar para atacar o estranho. Primeiro com vôos rasantes. Depois, com intenso bombardeio de fezes. Caso nada disso intimidasse o intruso, recorriam à bicadas. Tamanha agressividade tinha um ótimo motivo: os quero-queros estavam com filhotes recém-nascidos em seus ninhos. Esse que estrela a capa de O Eco foi fotografado por Manoel Francisco Brito e virou alvo de uma câmera Canon D-10, equipada com lente Canon 70-210mm, porque bicou as costas de sua filha de sete anos. Fora o susto, e um choro convulsivo de alguns minutos, a menina nada sofreu.

Leia também

Análises
27 de janeiro de 2022

Um lugar para as onças da Mata Atlântica na Década da Restauração

A Mata Atlântica é um pacote completo, com onças e tudo; é preciso urgentemente nos conscientizarmos que uma floresta sem bichos não tem futuro

Colunas
26 de janeiro de 2022

O que você levaria se tivesse que abandonar sua casa em 1 minuto?

Migração forçada por causa de fatores climáticos serão cada vez mais frequentes e atingirão mais pessoas. É preciso focar em políticas públicas para mitigar seus impactos

Reportagens
26 de janeiro de 2022

Especialistas criticam medidas de curto prazo adotadas contra a estiagem no Rio Grande do Sul

Governo estadual e representantes do agronegócio pedem recursos para cobertura de prejuízos, abertura acelerada de poços artesianos e até barramentos em áreas de preservação permanente

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta