Fotografia

Arco-íris após tempestade no Pico das Agulhas Negras

Apesar dos problemas de regularização fundiária, o Parque Nacional do Itatiaia continua a oferecer paisagens maravilhosas. Foto: Flávio Varricchio

Redação ((o))eco ·
17 de janeiro de 2013 · 9 anos atrás

Distante 150 quilômetros do Rio de Janeiro, o Parque Nacional do Itatiaia é o mais antigo do Brasil, criado em 14 de junho de 1937. É uma das áreas protegidas mais famosas e visitadas do Brasil, mas convive com sérios problemas de regularização fundiária. Em 2009 os números que apuramos indicavam que havia dentro dos limites do parque 131 propriedades particulares, incluindo cinco hotéis. Mesmo com seus problema, o parque oferece paisagens maravilhosas, como o fotógrafo Flávio Varricchio consegue comprovar com esta incrível foto de um arco-íris que emoldurava o Pico das Agulhas Negras após uma tempestade.


Leia também

Notícias
2 de dezembro de 2021

Lideranças indígenas do Pará cedem à pressão de invasores e aceitam reduzir seu território pela metade

Caciques da TI Apyterewa disseram ao STF que, em “acordo” feito com invasores, aceitam redução de 392 mil hectares de suas terras

Notícias
2 de dezembro de 2021

Com maioria no Conama, governo federal impõe mudanças no CNEA

Conama aprova alterações no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas e impõe mais burocracia e custos para a participação da sociedade civil no conselho

Reportagens
2 de dezembro de 2021

Secas recorrentes afetam a capacidade de recuperação da Floresta Amazônica, alerta estudo

Nas últimas duas décadas, a Floresta Amazônica tem sido impactada por secas cada vez mais intensas e frequentes. As mais severas ocorreram em 2005, 2010 e 2015

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta