Notícias

Encontro com muriqui na Baixada Santista

Meu coração quase parou ao depararmos com um bando de muriquis, aflito para registrar esse momento, abri a mochila e tirei a câmera.

Carlos Alberto Prudente ·
16 de setembro de 2010 · 11 anos atrás
 

O Blog meu passeio recebe relatos, viagens e experiências de seus leitores. Para incluir seu passeio, basta  enviá-lo para  o email [email protected] ou, utilizar a sua conta do twitter diretamente pelo endereço eletrônico http://twitter.com incluindo o hashtag #meupasseio, o que disponibilizará sua história automaticamente em ((o)) eco.

O passeio em questão começou com a continuidade de descobrir de qual animal se tratava que emitia sons desconhecidos nesta região (Baixada Santista). Como conhecedor há mais de trinta anos deste lugar, aproximadamente há três anos comecei a ouvir um som que se assemelhava ao relinchar de um cavalo, não tão eloqüente, mas lembrava!
 
Combinamos o acampamento para o dia 15/05/2010, eu e meus filhos, após uma longa caminhada chegamos ao local escolhido; à noite já se anunciava, montamos as barracas fizemos um lanche e fomos deitar. O dia amanheceu nublado e silencioso, mesmo assim saímos para fotografar e nada de especial acontecera, o dia era mesmo só para dormir!

A noite seguinte, toda de chuva! Então resolvemos levantar acampamento e voltar para casa; mochilas prontas equipamentos bem acondicionado “pé na estrada” andávamos há vinte minutos quando, de repente, meu coração quase parou ao depararmos com um bando de muriquis em uma árvore frutífera, aflito  com a possibilidade de não conseguir registrar esse momento, abri a mochila, peguei a câmera e comecei a fotografar; com tantos anos de mato ainda me emociono em algumas situações, eu tremia muito!

O Muriqui (Brachyteles aracnoides) é o maior primata das Américas, vive só na Mata atlântica é endêmico do Brasil e estão entre os 25 animais mais ameaçados de extinção do planeta. Encontrar esses animais livres na natureza é indescritível o sentimento, são criaturas maravilhosas! Enfim as fotos que quero dividir com vocês, e espero que a responsabilidade de protegê-los também!

 

 

 

Leia também

Notícias
8 de dezembro de 2021

Prefeitos definirão a faixa de proteção das matas ciliares nas cidades

Câmara rejeita mudanças vindas do Senado e conclui votação do Projeto de Lei que flexibiliza faixas de áreas de proteção permanente nas áreas urbanas

Reportagens
8 de dezembro de 2021

Governo tenta incluir garimpeiros e pecuaristas na lista de comunidades tradicionais

Proposta foi feita por secretaria ligada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, pasta comandada por Damares Alves

Reportagens
8 de dezembro de 2021

Ribeirinhos convertem-se ao ouro e desafiam contaminação por mercúrio no rio Madeira

Estimulados pelo alto lucro e desamparados de políticas que fortaleçam um modo de vida tradicional, ribeirinhos são empurrados para o garimpo; juntos, constroem pequenas balsas de até R$ 50 mil para extrair "fagulhas de ouro" do fundo do rio

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta