Notícias

Datafolha: 75% reprovam intervenção estrangeira na Amazônia

Maioria concorda que a Amazônia deve ser "totalmente administrada pelo Brasil". 22% acham que a floresta deve ser "administrada por um conjunto de países e entidades internacionais"

Daniele Bragança ·
1 de setembro de 2019 · 2 anos atrás
Floresta desmatada em Altamira, no Pará. Imagem tirada em agosto de 2019. Foto: Victor Moriyama/Greenpeace.

O brasileiro não concorda com intervenção estrangeira na Amazônia, acha que o Brasil deve aceitar ajuda financeira internacional para preservar a floresta e avalia como ruim ou péssima o desempenho do presidente Jair Bolsonaro no combate ao desmatamento e queimadas no bioma, segundo pesquisa do Datafolha divulgado neste fim de semana.

O levantamento foi realizado entre os dias 29 e 30 de agosto. Foram entrevistadas 2.878 pessoas em 175 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Na questão levantada pelo Datafolha sobre a soberania da Amazônia brasileira, 40% dos entrevistados concordam com a frase “A Amazônia deve ser totalmente administrada pelo Brasil, de acordo apenas com o interesse do país” e 35% concordam com a sentença “A Amazônia deve ser totalmente administrada pelo Brasil, que deve ouvir também governos e entidades internacionais”. Com a soma dos percentuais, 75% dos entrevistados concordam que a Amazônia deve ter apenas administração brasileira, dispensando a intervenção estrangeira direta na região:

A maioria dos entrevistados também concordaram que o interesse dos países na Amazônia é legítimo, por causa de sua importância para o planeta. A maioria absoluta dos entrevistados (57%) concorda totalmente com a frase, enquanto 13% discorda totalmente:

Quando perguntados sobre o desempenho do presidente Jair Bolsonaro com relação ao desmatamento e queimadas na Amazônia, a maioria dos entrevistados (51%) considerou a atuação péssima ou ruim. 25% dos entrevistados declararam que a atuação é ótima ou boa e 21% afirmaram que é apenas regular:

A redução de terras indígenas, política que o presidente defende, também foi colocada em análise para os entrevistados. Perguntados sobre se o governo deveria reduzir as áreas destinadas aos índios, 51% dos entrevistados disseram discordar totalmente:

Quando perguntados se o agronegócio se preocupa com questões ambientais, 29% dos entrevistados discordam totalmente que o agronegócio brasileiro se preocupa com o meio ambiente, enquanto 26% concorda totalmente. Entretanto, o percentual dos que concordam em parte (22%), supera os que discordam em parte sobre a afirmativa levantada (18%).

Já sobre a percepção de desmatamento, o entrevistado não ficou dividido. Para 71% dos entrevistados, o desmatamento está aumentando. 21% afirmaram que continua igual, 5% dos entrevistados declararam que o desmatamento está diminuindo e 3% não souberam opinar.

 

 

Leia Também

Brasileiro acha que mudança do clima já afeta o país

Desmatamento é o tema ambiental que mais preocupa os brasileiros, diz pesquisa

Mais de 90% dos brasileiros rejeitam a caça, diz Ibope

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Notícias
22 de maio de 2019

Mais de 90% dos brasileiros rejeitam a caça, diz Ibope

Pesquisa foi feita a pedido do WWF-Brasil e revela que propostas legislativas que liberam a caça de animais silvestres não contam com apoio popular

Salada Verde
11 de junho de 2019

Desmatamento é o tema ambiental que mais preocupa os brasileiros, diz pesquisa

Mais da metade da população tem o assunto como prioridade, em seguida de poluição da água e tratamento do lixo. Aquecimento global é a questão mais relevante para o mundo

Reportagens
18 de maio de 2015

Brasileiro acha que mudança do clima já afeta o país

Para 84% da população, o poder público age de forma insuficiente ou não age para enfrentar o problema, mostra pesquisa do Datafolha.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta