Reportagens

Avon investe em replantios na Mata Atlântica

Em campanha global que envolve consumidores de cosméticos,  empresa consegue dobrar a meta inicial de arrecadação. Cada doação de 1 dólar transforma-se em uma árvore.

Redação ((o))eco ·
16 de junho de 2010 · 11 anos atrás

Como primeiro resultado alcançado pela campanha global “Viva o Amanhã Mais Verde” lançada em março, a empresa de cosméticos Avon acaba de anunciar que plantará dois milhões de árvores para recuperação da Mata Atlântica, o ecossistema brasileiro mais ameaçado, reduzido a 7% de sua ocupação inicial.

O dinheiro arrecadado vem de doações de1,00 dólar sobre cada produto vendido para o replantio de uma árvore. Consumidores de todo o mundo (60 países se engajaram na campanha) conseguiram, em apenas 80 dias, dobrar a meta inicial do programa de arrecadar 1 milhão de dólares para o reflorestamento. “Além de levantar fundos, visando a recuperação das árvores, estamos também elevando a capacidade desta imensa rede humana feminina de compartilhar também dados simples sobre como preservar, reciclar, reutilizar a partir de ações simples em nosso dia-a-dia”, afirma a CEO e presidente da Avon, Andrea Jung.

A Avon é líder global em venda de cosméticos e, em campanhas como essa, potencializa sua rede de relacionamentos de 6,2 milhões de revendedoras autônomas e 300 milhões de consumidores.

Para mais informações sobre a acesse o site da campanha 

Leia também

Notícias
6 de dezembro de 2021

Servidores ambientais sofrem emboscada durante fiscalização contra invasores em reserva de RO

Emboscada aconteceu no entorno do Parque Estadual Guajará-Mirim. Invasores usaram uma criança como escudo para evitar que policiais atirassem. Um servidor foi baleado

Salada Verde
6 de dezembro de 2021

General Heleno defende garimpo em áreas de fronteira na Amazônia

“Continuaremos a mapear nossas riquezas pelo bem do Brasil e do nosso povo” disse ministro do Gabinete de Segurança Institucional, em resposta à denúncia da Folha de S. Paulo

Notícias
6 de dezembro de 2021

Queimada iniciada em pasto atinge Estação Ecológica de Murici, em Alagoas

Incêndio iniciou na quinta-feira (2) e levou mais de 13 horas para ser contido. Multa para o proprietário da fazenda onde iniciou o fogo foi calculada em 312 mil reais

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta