Salada Verde

Em cartaz, Puccinelli

Governador do Mato Grosso do Sul é alvo de protesto inspirado em manifestação climática, contra sua proposta de levar plantios e usinas de cana ao Pantanal.

Salada Verde ·
17 de dezembro de 2009 · 12 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Os cartazes que o Greenpeace instalou no aeroporto de Copenhague (Dinamarca), onde acontece a conferência climática global, com faces envelhecidas de presidentes pedindo escusas por não terem agido contra o aquecimento do planeta, inspirou ambientalistas no Mato Grosso do Sul.

No estado, o alvo é o governador André Puccinelli (PMDB). Como mostrou O Eco (veja abaixo), seu governo tenta aprovar um “zoneamento ecológico-econômico” abrindo portas do Pantanal e da Bacia do Alto rio Paraguai a plantios e usinas de cana de açúcar. O manifesto é distribuído por e-mails e veiculado em páginas e blogs na Internet.

Mas Puccinelli parece inabalável. Conforme noticiou o Campo Grande News, empolgado com a ampliação do aeroporto de Campo Grande, o governador “deu um cutucão em gente que anda tirando seu sono”. “Daqui a 5 ou 10 anos, Mato Grosso do Sul vai virar uma potência, que se cuidem os índios, quilombolas e o MST”.

 

Leia também

Salada Verde
3 de dezembro de 2021

Paraná pretende reativar trecho brasileiro de trilha histórica que liga o Atlântico ao Pacífico

Chamada de Caminhos do Peabiru, trilha tem 1.550 no trecho paranaense, que vai de Paranaguá a Guaíra. Caminho era usado por incas e guaranis, antes da colonização

Notícias
3 de dezembro de 2021

Amapá vende terras públicas invadidas a R$ 46 o hectare

Estado possui mais de 2,5 milhões de hectares de áreas ainda não destinadas. Cerca de 50% deste total é classificado como de importância biológica extremamente alta

Reportagens
3 de dezembro de 2021

Novo Código de Mineração propõe aprovação automática de milhares de processos parados na ANM

Proposta pode afetar mais de 90 mil requerimentos que aguardam aprovações técnicas e ambientais; medida ainda interfere na criação de unidades de conservação e dificulta demarcação de terras indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta