Salada Verde

Ibama apreende peles de onças-pintadas em Mato Grosso

Apreensão foi em uma fazenda próxima da cidade de Apiacás, no interior do estado. Três pessoas foram presas e multadas em 60 mil reais.

Redação ((o))eco ·
23 de fevereiro de 2015 · 7 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Acima, o material apreendido. Foto: Ascom/Ibama.
Acima, o material apreendido. Foto: Ascom/Ibama.

Fiscais do Ibama, junto com agentes da Polícia Civil de Mato Grosso, apreenderam peles de onças-pintadas em uma fazenda em Apiacás, município localizado a 1005 km de Cuiabá. A equipe estava fazendo uma busca para combater a caça e comercialização de peles e encontrou quatro peles de onças-pintadas (Panthera onca) e duas espingardas com munições de diversos calibres.

O proprietário da fazenda São Sebastião e dois funcionários foram detidos e encaminhados para a delegacia de Apiacás por crime ambiental e porte ilegal de arma de fogo. Os três infratores também foram multados em 60 mil, ao todo, por caça de espécie em perigo de extinção.

 

 

Leia Também
Jovem é autuado por publicar foto ao lado de onça-pintada morta
Onça-pintada: uma nova esperança
George Schaller: “As pessoas querem amar a onça-pintada”
“Mas, afinal, você é meu amigo ou amigo da onça?”

 

 

 

Leia também

Notícias
20 de outubro de 2021

Desmatamento na Amazônia já chega a quase 9 mil km² em 2021, mostra Imazon

Somente em setembro foram destruídos 1.224 km² de floresta, área equivalente a mais de 4 mil campos de futebol por dia. Números sãos os maiores em 10 anos

Salada Verde
20 de outubro de 2021

Em comemoração de seus 10 anos, Onçafari lança concurso de fotografia

Fotógrafos profissionais e amadores podem se inscrever até o dia 14 de novembro. Vencedores terão a oportunidade de fotografar a fauna e flora existentes na sede da Onçafari, no Pantanal

Notícias
20 de outubro de 2021

INPE não tem recursos garantidos para pagamento de água e luz até final do ano

Destinação de R$ 5 milhões pela AEB deu um respiro ao Instituto, mas órgão ainda aguarda verba de outras fontes para honrar despesas de funcionamento até dezembro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta