Salada Verde

Governo exonera todos os diretores do ICMBio e nomeia novo presidente

O veterinário Adalberto Eberhard, conhecido pelo seu trabalho na conservação do Pantanal Matogrossense, assume o comando da autarquia que cuida das unidades de conservação federais

Daniele Bragança ·
9 de janeiro de 2019 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O veterinário Adalberto Eberhard presidirá o ICMBio. Foto: Antonio Augusto/Câmara dos Deputados.

Todos os diretores do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) foram exonerados nesta quarta-feira (09). Silvana Canuto, diretora de Planejamento, Administração e Logística; Marcelo Marcelino, diretor de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento; Claudio Maretti, diretor de Ações Socioambientais e Consolidação Territorial em Unidades de Conservação e o ex-presidente da autarquia, Paulo Henrique Marostegan e Carneiro, deixaram hoje o cargo. Todos estavam no posto há pelo menos 2 anos.

Na mesma portaria, foram exonerados cinco assessores especiais do ex-ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, e o ex-chefe de gabinete, Heitor Matallo Júnior, além do diretor do Departamento de Gestão Ambiental Territorial da Secretaria de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Raimundo Nonato.

A única nomeação do dia foi do veterinário Adalberto Eberhard, conhecido pelo seu trabalho na conservação do Pantanal Matogrossense, que assume agora o comando do ICMBio, autarquia que cuida das unidades de conservação federais.

 

Saiba Mais

Exonerações e nomeação – DOU.

 

Leia Também 

Fundador da Ecotrópica, Adalberto Eberhard será o novo presidente do ICMBio

Luiz Eduardo Leal de Castro Nunes é nomeado presidente substituto do Ibama

Novo ministro do Meio Ambiente diz que haverá total sinergia com Agricultura

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Salada Verde
11 de dezembro de 2018

Novo ministro do Meio Ambiente diz que haverá total sinergia com Agricultura

Em vídeo ao lado de deputado e presidente da UDR, Ricardo de Aquino Salles diz que haverá respeito absoluto e todo apoio ao produtor rural

Salada Verde
8 de janeiro de 2019

Luiz Eduardo Leal de Castro Nunes é nomeado presidente substituto do Ibama

Ex-diretor de planejamento, administração e logística do órgão ambiental assume no lugar de Luciano Evaristo como número dois no comando da autarquia

Notícias
19 de dezembro de 2018

Fundador da Ecotrópica, Adalberto Eberhard será o novo presidente do ICMBio

Ricardo Salles escolheu o veterinário que dedicou a vida à conservação do Pantanal para presidir o órgão que gere as Unidades de Conservação federais

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 12

  1. Responsabilidade diz:

    Torço que o novo presidente examine várias questões no Parque Nacional do Itatiaia.Aí sim eu vou acreditar que o Brasil vai mudar mesmo.


  2. ANAmasnaobanana diz:

    Pôs eu acho que "fizeram o que puderam" , sobretudo o Paulo Carneiro… entrar em um "fim de festa" com cartas marcadas e poder concentrado nas mãos de dois não é mole… e vai tu se candidatar a ser regional senhor Resex… se tens provas de que a grana fora desviada, prove! chega de mamata, mas chega de mimimi também… chega de dizer "mãe o leite derramou" e não fazer nada! Chega de bacaba!


  3. Anna diz:

    Vc não sabe o que fala! Só quem acompanhou todas as gestões desde a criação pode falar. Concordo que poderiam ter feito mais, mas nunca tiveram condições favoráveis. E desculpem os desinformados, mas o órgão só teve UM presidente petista, os outros principalmente do PMDB que continua mamando como sempre.


  4. Vassalo diz:

    Não mesmo! São é uma cambada que se locupletou desse mal fadado órgão desde sua criação em 2007…praticamente um feudalismo institucional ambiental federal!


  5. Tchau Queridos diz:

    Já vão tarde. Espero que nunca mais voltem e que o TCU faça uma auditoria no Icmbio pra mostrar o quanto a ingerência desses aí prejudicaram o Órgão e as UC's.


  6. Flor diz:

    ALguns desde a criacao, ha mais de 10 anos e sao diretores pessimos! Hj foi historico pela boa renovada!


  7. Clesio de Luca diz:

    Violeta · 1 hora atrás

    Que caia o resto todo!!! Uma verdadeira renovada nos ares do ICMBio será ótimo. Tem gente que está no mesmo cargo desde a criação do instituto. Estão criando raízes!! E acabam por agir com personalismo dentro do funcionalismo público, esquecem que representam uma instituição que presta um serviço a população.


  8. Violeta diz:

    Que caia o resto todo!!! Uma verdadeira renovada nos ares do ICMBio será ótimo. Tem gente que está no mesmo cargo desde a criação do instituto. Estão criando raízes!! E acabam por agir com personalismo dentro do funcionalismo público, esquecem que representam uma instituição que presta um serviço a população.


    1. Amazônia diz:

      E o que falar dos tais coordenadores regionais, alguns que transformaram suas CRs em seus verdadeiros feudos! Tem uma coordenadora em Rondônia que agarrou o osso e não largou nunca mais! Está lá ad aeternum! O profissional neste caso deixa de existir e o personalismo passa a predominar.


      1. Carlos Marcos diz:

        Pois é. Tem uma no nordeste também que já é dona do lugar.


  9. Francis diz:

    Paulo Carneiro ficará marcado por uma gestão curta, porém uma das mais desastrosas para o ICMBio! Agora falta cair o chefe de gabinete, tão desastroso quanto o agora ex-presidente Carneiro!


    1. Leonardo diz:

      Que tal detalhar melhor a crítica para que os leitores possam avaliar seus argumentos?