Salada Verde

Sucessor de Homero no ICMBio pode ser indicação ruralista

Especulação de que o secretário Nabhan Garcia indique o próximo nome para presidência do ICMBio causa apreensão. Confira outros nomes cotados

Duda Menegassi ·
24 de agosto de 2020 · 1 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Quem sucederá Homero? Na última sexta-feira (21), como ((o))eco adiantou na véspera, o Coronel Homero Cerqueira foi exonerado pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e deixou vaga a presidência do ICMBio. Desde então, começaram as especulações sobre quem poderá ocupar o lugar do coronel, que estava desde abril de 2019 no cargo. O modus operandis desse governo, no que diz respeito a cargos de chefia, leva a crer que pode vir um militar, mas a apreensão maior é pela possibilidade de que venha aí uma indicação política do ruralista Nabhan Garcia, secretário especial de Assuntos Fundiários. Tudo especulação até o momento, que fique claro, mas o suficiente para deixar ambientalistas aflitos. “Seria o apocalipse final”, comentou uma fonte ouvida por ((o))eco sobre essa possibilidade. Nabhan esteve com Salles na última – e polêmica – visita do ministro ao Pantanal, na qual se reuniu com fazendeiros que criticaram ONGs e a conservação ambiental.

Enquanto o Armagedom não chega, o Diretor de Planejamento, Administração e Logística do ICMBio, Fernando Cesar Lorencini atual substituto, também é cotado para assumir a presidência. Outro nome do ICMBio, Marcos Aurélio Venancio, diretor de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade, também seria uma possibilidade. Nomes como o Coronel Rabelo, do Instituto Pantaneiro, e André Germanos, atual Secretário de Ecoturismo, também foram levantados nos corredores, mas parecem improváveis. (Duda Menegassi)

Leia também

O todo-poderoso Nabhan

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação e montanhismo. Escreve para ((o))eco desde 2012. Autora do livr...

Leia também

Reportagens
7 de novembro de 2019

O todo-poderoso Nabhan

Secretário de Assuntos Fundiários, ex-presidente da UDR se declara inimigo da reforma agrária e da demarcação de TIs enquanto defende regulamentar terras por autodeclaração

Notícias
21 de agosto de 2020

“Tem que perguntar pro Salles, ele que me exonerou”, diz ex-presidente do ICMBio

Cerqueira declarou não saber o motivo da queda. “Eu fazia um trabalho, eu acho que a contento. Os servidores estavam contentes”, disse

Salada Verde
20 de agosto de 2020

Coronel Homero Cerqueira deixa presidência do ICMBio

A saída do presidente – a ser confirmada no Diário Oficial – estaria ligada à divergências com o ministro do meio ambiente, Ricardo Salles

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 4

  1. Ciro Gomes diz:

    PTzada nervosa!!!! Que venham mais militares para botar ordem na casa e fazer o limpa destes mortadelas.


    1. Paulo diz:

      Mas fala bobagem. PQP
      Não conhece nada, pobre inocente.


  2. Paulo diz:

    Como voluntário das causas ambientais, desde 90, inclusive , voluntariado a Policia Ambiental.
    Vejo, muito choro e dodois sobre a criação do Icmbio. Li, que cometeram pulos autoritários (governo da época).

    Mas chamar de Armagedom, aí é muuuuito exagero.

    Hoje e no passado, via e conhecia muiiitos funcionários do Ibama e hoje do Icmbio, que são corporativistas e sem vontade de trabalhar.


  3. ADIN 4029 diz:

    O Armagedom foi a MP 366/2007…o que vier depois disso é fichinha!