Notícias

Cinema na vaga: PARK(ing) Day Rio de Janeiro 2012

Uma vaga de carro pode virar um cinema ao ar livre por um dia, por que não? Foi exatamente o que fizemos na Praça Tiradentes, no Centro.

Adriana Sansão · Fernando Espósito ·
6 de novembro de 2012 · 9 anos atrás


Uma vaga de carro pode virar um cinema ao ar livre por um dia, por que não? No final de setembro, foi exatamente esse o resultado produzido na Praça Tiradentes, no Centro do Rio.

Desde que o automóvel invadiu nossas cidades, o espaço público parece ser pensado em função dele, tendo os pedestres se transformado em um “problema” para o transporte e para a fluidez da urbe. Com o crescimento da indústria automobilística, e devido ao solo urbano cada vez menos disponível, e ao empobrecimento da qualidade espacial na maioria das cidades, cada pequeno lugar de convivência no espaço urbano passa a ser de grande valor. Nesse contexto, uma vaga de carro, tanto para o pedestre quanto para o motorista, se transforma em um espaço desejado, sobretudo no centro da cidade.

O PARK(ing) Day é um evento anual que se celebra desde o ano de 2005 em diversas cidades do mundo, na sexta-feira próxima ao dia 21 de setembro (Dia Mundial sem Carros). Artistas, arquitetos, designers e cidadãos em geral transformam o espaço público temporariamente, ocupando vagas de carro como áreas de lazer. De maneira geral, as intervenções têm como objetivo debater, através de ações concretas, a relação entre o carro e o espaço público, e a ideia é que estas ações não somente sejam discutidas entre especialistas, mas que, através de uma ação concreta, o cidadão participe de uma atividade urbana diferente, provocadora, inclusiva e dentro de seu percurso habitual pela cidade. Não se trata de travar um combate contra o automóvel, mas de gerar uma conscientização, e, ao menos por um dia, apontar para um equilíbrio no uso do espaço público. Para celebrar a data, esses espaços já foram transformados, no mundo inteiro, por usos distintos como piscinas, varandas, jardins, bares, salões de festas e auditórios, entre outas atividades por vezes inusitadas.

No ano de 2012, pelo segundo ano consecutivo, membros do Studio X-Rio, do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP Brasil), da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (FAU/UFRJ), e da Escuela de Arquitectura y Diseño da Pontificia Universidad Católica de Valparaíso (PUCV), realizaram, na Praça Tiradentes, centro do Rio de Janeiro, a ocupação de 2 vagas de carro como área de lazer, aderindo assim à celebração do Dia Mundial sem Carros, o PARK(ing) Day 2012.

A ocupação deste ano consistiu em criar uma sala de cinema na vaga, o Cine-Vaga. O espaço correspondente a duas vagas se transformou em um espaço interno, estruturado em bambu e revestido com tecido escuro. A programação do cinema consistiu em 45 minutos de uma seleção de fragmentos de filmes que tinham como temas centrais o estresse, a perda de tempo, a incivilidade e o individualismo ocasionados pelo excesso de automóveis na cidade.

O PARK(ing) Day Rio de Janeiro foi realizado por Adriana Sansão, Carol Souza, Cesar Jordão, Clarisse Linke, Dennis Flôr, Fernando Espósito e Pedro Évora, com o apoio do Studio-X Rio, do ITDP Brasil e da FAU/UFRJ.

 

  • Adriana Sansão

    Adriana Sansão, arquiteta e urbanista, é professora adjunta da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal d...

Leia também

Notícias
21 de outubro de 2021

Até 2020 Rondônia não possuía lei para regular destinação de terras públicas

Estado tem quase 30% de seu território ocupado por terras não destinadas. Briga entre Legislativo e Executivo rondonienses dificultam formalização dos processos

Reportagens
21 de outubro de 2021

Superintendente dá aval para obras que ameaçam habitat de peixe das nuvens cearense

Duplicação de rodovia no litoral do Ceará foi embargada pelo Ibama em janeiro para proteger espécie de peixe das nuvens ameaçada. Com desembargo, pesquisadores temem pela destruição do habitat já restrito da espécie

Notícias
20 de outubro de 2021

Desmatamento na Amazônia já chega a quase 9 mil km² em 2021, mostra Imazon

Somente em setembro foram destruídos 1.224 km² de floresta, área equivalente a mais de 4 mil campos de futebol por dia. Números sãos os maiores em 10 anos

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta