Notícias

Porto Velho é município com mais embargos ambientais no país

Com 1020 áreas embargadas, capital de Rondônia é o município brasileiro que mais teve problemas ambientais registrados pelo Ibama

Redação ((o))eco ·
1 de maio de 2013 · 8 anos atrás

O município brasileiro com mais áreas embargadas devido a infrações ambientais é Porto Velho, capital de Rondônia. Com 1020 embargos registrados, boa parte deles relacionado a desmatamento e devastação ambiental, o município é o campeão de embargos de todo o país. Em seguida, estão Novo Progresso (PA), com 719 embargos; Brasília (DF), com 642; Altamira (PA), com 539 (município onde está sendo construída a futura hidrelétrica de Belo Monte); e São Félix do Xingu (PA), com 447. As informações são resultado de levantamento inédito feito pelo Data Cidades, plataforma de dados do site ((o))eco, com base nos 42.592 registros de áreas embargadas pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). No quadro abaixo, é possível visualizar todos os municípios com mais de 200 áreas embargadas. Passe o cursor sobre os quadrados para visualizar a quantidade de embargos em cada um dos municípios.

O grande número de áreas embargadas em Rondônia, que além da capital tem mais quatro municípios no quadro, está relacionado ao alto índice de desmatamento no estado. Também é possível observar as infrações ambientais registradas pelo Ibama no Pará, no Mato Grosso e no Amazonas, em áreas em que novas fronteiras agrícolas avançam sobre a Amazônia. No mapa em que pontos vermelhos indicam as áreas embargadas, Rondônia praticamente some (clique aqui ou na imagem para navegar e ver o mapa em detalhes).

Fontes de dados utilizados nesta reportagem:
É possível consultar todas as áreas embargadas por problemas ambientais na página de consultas públicas no site do Ibama. O levantamento feito pelo Data Cidades é baseado em consulta ao sistema em maio de 2013; tabela em formato excel com dados disponíveis na data pode ser acessada aqui.

Leia também

Reportagens
26 de outubro de 2021

De olho na COP-26, governo lança Programa de Crescimento Verde

Especialistas classificam iniciativa como vazia e retórica. Com desmatamento em alta e falta de políticas de controle, Brasil não terá nada de relevante para levar a Glasgow

Salada Verde
26 de outubro de 2021

Governo atualiza lista de municípios que mais desmatam a Amazônia

União do Sul (MT), Santana do Araguaia (PA) e Ulianópolis (PA) estão na lista de municípios críticos. Os três mais que dobraram a área desmatada entre 2019 e 2020

Reportagens
26 de outubro de 2021

Assim como desmatamento, exploração madeireira avança pelo norte de Rondônia

Divisa entre RO, MT e AM é conhecida como a “nova fronteira do desmatamento”. Do total explorado no estado, em ao menos 5 mil hectares e retirada de madeira foi feita de forma ilegal

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta