Notícias

Comissão amplia tamanho do Parque das Nascentes do Rio Parnaíba

Ao invés de reduzir, como previa projeto de lei, comissão de Meio Ambiente da Câmara dos Deputados muda proposta e aumenta tamanho da UC.

Redação ((o))eco ·
21 de outubro de 2013 · 8 anos atrás
Deputado Sarney Filho (acima) é o autor da proposta de ampliação do parque. Foto: Diogo Xavier/Câmara dos Deputados.
Deputado Sarney Filho (acima) é o autor da proposta de ampliação do parque. Foto: Diogo Xavier/Câmara dos Deputados.

O Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba será ampliado em 20 mil hectares, passando de 729.813 ha para 749.848 hectares. Essa foi a proposta aprovada na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados na última quarta-feira (16). O texto aprovado é um substitutivo do relator, deputado Sarney Filho (PV-MA), ao Projeto de Lei 2618/11, do deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP), que originalmente reduzia a área do parque para 718.650 hectares.

Tanto o projeto original quando o que foi aprovado na comissão retiram áreas ocupadas por atividades agropecuárias do parque, compensando com a anexação de novas áreas, mais conservadas. O Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba está localizado entre as fronteiras dos estados do Piauí, Maranhão, Bahia e Tocantins.

O Projeto de Lei 2618 é de 2011 e surgiu como forma de resolver o conflito fundiário dentro do Parque Nacional: a parte sul da unidade de conservação tem atividade agropecuária. Os produtores fizeram uma proposta pedindo que a área utilizada por eles ficasse de fora do perímetro do parque, em troca de o parque ocupara uma área ainda preservada e desprotegida legalmente.

Em audiência pública realizada em 2012 na Comissão de Meio Ambiente, representantes do governo e produtores apresentaram novo perímetro, com a ampliação do parque para 731.710 hectares.

Outra audiência aconteceu e chega a nova proposta de área de 749.848 hectares, oficializado no relatório do deputado Sarney Filho: “A redefinição negociada da área pressupõe compromisso assumido de proteção da área pelos agricultores e pelos órgãos ambientais”, garantiu o relator.

Agora, a proposta será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. Se aprovada, seguirá para o Senado Federal.

 

 

Leia Também
Tocantins: Novas UCs enfrentam burocracia e família Abreu
Cerrado paga muito e recebe pouco
Queimadas nas Unidades de Conservação Federais em 2011

 

 

 

Leia também

Notícias
20 de outubro de 2021

Desmatamento na Amazônia já chega a quase 9 mil km² em 2021, mostra Imazon

Somente em setembro foram destruídos 1.224 km² de floresta, área equivalente a mais de 4 mil campos de futebol por dia. Números sãos os maiores em 10 anos

Salada Verde
20 de outubro de 2021

Em comemoração de seus 10 anos, Onçafari lança concurso de fotografia

Fotógrafos profissionais e amadores podem se inscrever até o dia 14 de novembro. Vencedores terão a oportunidade de fotografar a fauna e flora existentes na sede da Onçafari, no Pantanal

Notícias
20 de outubro de 2021

INPE não tem recursos garantidos para pagamento de água e luz até final do ano

Destinação de R$ 5 milhões pela AEB deu um respiro ao Instituto, mas órgão ainda aguarda verba de outras fontes para honrar despesas de funcionamento até dezembro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta