Notícias

Desmatamento na Amazônia acelera em junho, diz Imazon

Perda da floresta chega a 843 km², um aumento de 358% em relação ao mesmo período do ano passado. Pará é o estado que mais desmatou

Daniele Bragança · Rafael Ferreira ·
21 de julho de 2014 · 7 anos atrás
Acima, Ibama apreende plantação de soja embargada. Área foi desmatada ilegalmente. Foto: Nicélio Silva/Ascom/Ibama.

Foi só as nuvens sumirem de cima de boa parte da Amazônia Legal para os satélites registrarem o tamanho do estrago sobre a floresta. Em junho, quando a cobertura de nuvens não passou de 30% sobre o território, o Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), do Imazon, detectou 843 quilômetros quadrados (km²) de desmatamento, um aumento de 358% em relação a junho de 2013, quando o desmatamento somou 184 km².

O Pará liderou o ranking da destruição, responsável por desmatar 464 km². Amazonas (136 km²), Rondônia (126 km²) e Mato Grosso (115 km²) ficaram respectivamente em segundo, terceiro e quarto lugar.

Apesar desta disparada de alertas em junho, a taxa de desmatamento acumulado continua em queda: foram desmatados 1.690 km² entre agosto de 2013 e junho de 2014, uma redução de 9% em relação ao período anterior (agosto de 2012 a junho de 2013) quando o desmatamento somou 1.855 quilômetros quadrados. A taxa de desmatamento acumulado soma os resultados dos meses desde agosto de 2013 (mês em que começa a medição anual) e a compara com o mesmo período do ano anterior.

De acordo com o boletim, 27% do desmate ocorreu dentro de Unidades de Conservação. As mais prejudicadas foram a Área de Proteção Ambiental (APA) do Tapajós (68,25 km2), APA Triunfo do Xingu (51,80 km²) e a Reserva Extrativista (Resex) de Jaci Paraná (24,57 km²).

 

Saiba Mais
Boletim do Desmatamento do SAD – Junho 2014 – PDF produzido pelo Imazon

Leia Também
Imazon: desmatamento despenca em fevereiro e março
Inpe e Imazon: vigilantes do desmatamento na Amazônia
O desastre da mudança do Código Florestal em números

 

 

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Reportagens
25 de outubro de 2021

Como os estados cuidam da Amazônia: comparamos dados de proteção, orçamento e desmatamento

Análise exclusiva do ((o))eco se debruça sobre dados ambientais dos nove estados da Amazônia Legal para compreender diferenças e semelhanças nas políticas públicas regionais

Notícias
22 de outubro de 2021

“Adote um ninho”: Conheça a campanha para a preservação dos papagaios brasileiros

Campanha busca incentivar a proteção dos papagaios por meio da construção de ninhos artificiais para suprir a falta de cavidades naturais, que estão diminuindo por conta do desmatamento

Análises
22 de outubro de 2021

Por uma nova onda de soluções para a resiliência e a saúde do oceano

Estudo do FMI estima que 8 milhões de toneladas de lixo plástico acabam no mar todos os anos, sendo 80% provenientes do continente. Se não mudarmos esse quadro, o oceano terá mais lixo do que peixes até 2050

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta