Notícias

Mais social

O governo do Acre apresentou nesta quarta-feira o seu Zoneamento Econômico-Ecológico (ZEE). Nestes tempos em que meio ambiente só faz perder espaço para o “social”, o Estado traz a sua contribuição. Além de econômico e ecológico, o estudo ganha um novo eixo. É o “cultural-político”. A idéia é considerar “as reivindicações das comunidades locais na construção de soluções para uma sociedade sustentável”, segundo Carlos Edegard de Deus, o secretário de Meio Ambiente.

Lorenzo Aldé ·
29 de março de 2006 · 17 anos atrás
  • Lorenzo Aldé

    Jornalista, escritor, editor e educador, atua especialmente no terceiro setor, nas áreas de educação, comunicação, arte e cultura.

Leia também

Reportagens
9 de dezembro de 2022

Ibama multa proprietário que domesticou araras azuis para atrair turistas

Aves eram usadas por empreendimento turístico para atrair visitantes e moravam em um carro velho. Fiscais encontraram comida inadequada usada para alimentar as araras

Reportagens
9 de dezembro de 2022

Mato Grosso se consolida como reduto de atos golpistas na Amazônia Legal

Afastamento de prefeito e prisão de empresário com registro de CAC reforçam o estado como um dos centros de planos e financiadores de atos golpistas que questionam eleição de Lula

Notícias
9 de dezembro de 2022

Lula vai herdar cerca de 5 mil km² do desmatamento causado pelo governo Bolsonaro

Somente em novembro, Amazônia perdeu 555 km² de florestas. O número, atualizado nesta sexta-feira (9) pelo INPE, é 123% maior que novembro de 2021

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta