Reportagens

Abertura do Forest Day

Na abertura do Forest Day 3, o chefe do IPCC, Rajendra Pachauri diz que proteger floresta é o melhor exemplo de como juntar mitigação com adaptação à mudança do clima.

Gustavo Faleiros ·
13 de dezembro de 2009 · 12 anos atrás
 

9:00: A abertura oficial do Forest Day 3 recebeu palestrantes de uma diferente gama de especialidades, porém todos apontando a importância da relação entre proteção das florestas e a mudança climática. Talvez a frase que tenha melhor resumido o espírito da manhã foi a do presidente do Painel Internacional sobre Mudanças Climáticas, Rajendra Pachauri, que mencionou que beneficiar-se de florestas é “o melhor exemplo” de se fazer mitigação de emissões de gases de efeito estufa e adaptação aos efeitos da mudança climática ao mesmo tempo.

O Forest Day é o maior evento sobre a relação entre biodiversidade e aquecimento global na Convenção da ONU em Copenhague. É promovido pelo Centro Internacional de Pesquisa Florestal, o CIFOR, que tem bases na Indonésia, no Brasil e em muitos outros países tropicais. A diretora-geral da instituição, Frances Seymour, observou que nos últimos três anos houve um mudança relevante na discussão sobre florestas, de um ponto em que apenas se falava na inclusão das florestas no novo acordo climático para um momento em que já se discute a melhor forma de implementar as políticas de Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação. (REDD)

  • Gustavo Faleiros

    Editor da Rainforest Investigations Network (RIN). Co-fundador do InfoAmazonia e entusiasta do geojornalismo. Baterista dos Eventos Extremos

Leia também

Notícias
2 de dezembro de 2021

Lideranças indígenas do Pará cedem à pressão de invasores e aceitam reduzir seu território pela metade

Caciques da TI Apyterewa disseram ao STF que, em “acordo” feito com invasores, aceitam redução de 392 mil hectares de suas terras

Notícias
2 de dezembro de 2021

Com maioria no Conama, governo federal impõe mudanças no CNEA

Conama aprova alterações no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas e impõe mais burocracia e custos para a participação da sociedade civil no conselho

Reportagens
2 de dezembro de 2021

Secas recorrentes afetam a capacidade de recuperação da Floresta Amazônica, alerta estudo

Nas últimas duas décadas, a Floresta Amazônica tem sido impactada por secas cada vez mais intensas e frequentes. As mais severas ocorreram em 2005, 2010 e 2015

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta