Reportagens

Para florestas, nem tudo está perdido

Apesar do fiasco da negociação climática em Copenhague, ainda há razões para esperança num acordo envolvendo florestas após 2012.

Redação ((o))eco ·
21 de dezembro de 2009 · 12 anos atrás

Ainda vivendo a ressaca de Copenhague, e tentando entender como foi possível retroceder em diversos pontos que estavam em avançado estágio de negociação na discussão sobre redução de emissões por desmatamento e degradação (REDD), a organização Global Cannopy Programme (CGP) soltou uma nota ponderando o que restou de bom da 15a Conferência do Clima. Sem acordo político sobre REDD em Copenhague, aumentaram as expectativas sobre se os países vão conseguir colocar o tema nos eixos novamente em 2010.

Mas, se partirem dos resultados dos grupos de trabalho de assessoramento, que reconheceram na Dinamarca que garantias socioambientais precisam andar juntas com a redução de emissões de gases estufa, as chances de sucesso nas próximas rodadas serão bem maiores. Segundo a GCP, ainda há razão para acreditar que um acordo climático com ações para redução do desmatamento entre em vigor após 2012. Iniciativas como o Programa das Nações Unidas sobre REDD (UN-REDD, Forest Carbon Partnership Facility e o grupo de trabalho sobre financiamento de REDD (IWG-IFR) continuam angariando experiências no mundo para contribuirem com o processo de negociações da ONU. No texto final do “Acordo de Copenhague”, o simples fato de ter havido um reconhecimento sobre a importância do REDDplus também pode ser considerado um ponto a favor.  REDD plus é o mecanismo de redução de emissões por desmate salvaguardando direitos de populações locais, conservação da biodiversidade e garantias financeiras.

Releia reportagens sobre o andamento das negociações sobre REDD na COP15:

Uma palavra para destravar
De olho nas matas tropicais
O dever de casa brasileiro
Sem florestas não tem acordo
As últimas sobre REDD
REDD em turbulência

Leia também

Salada Verde
21 de outubro de 2021

Polícia Civil do Maranhão prende um dos homens que matou onça preta e se gabou nas redes sociais

Corpo do animal abatido foi filmado por três homens, que comemoraram o feito. O homem preso também será multado pelo Ibama.

Reportagens
21 de outubro de 2021

COP26 – Brasil tentou minimizar impacto das emissões da pecuária em relatório do IPCC

País também defendeu que aumento do desmatamento não é resultado da política atual brasileira. Outros países fizeram lobby para mudar relatório climático.

Reportagens
21 de outubro de 2021

Estudo aponta diretrizes para barrar a degradação acelerada de campos e savanas

As chamadas grasslands estão ameaçadas em todo o planeta, alerta um grupo internacional de pesquisadores. Solução envolve restauração e busca de alternativas de exploração econômica sustentáveis

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta