Salada Verde

Migrações e disputas estaduais

Diretor do Greenpeace alerta para guerra entre estados brasileiros se forem aprovadas propostas ruralistas para o Código Florestal.

Salada Verde ·
10 de novembro de 2009 · 12 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Foto:  Lunaé Parracho / Greenpeace
Foto: Lunaé Parracho / Greenpeace

Para ele, estados que fixarem índices legais de preservação baixos se tornarão mais “atrativos” ao modelo tradicional de produção, fundamentado no desmatamento da maior área possível em cada propriedade.

“Essas disputas podem trazer migrações e perdas comerciais. Por isso o tema das florestas não é de interesse local, precisa de regulação federal, assim como ocorre com as questões tributárias”, ressaltou.

O ativista também lembra que a legislação brasileira defende ao menos 25% de florestas nas propriedades rurais desde 1934, para “produção de água e reserva de madeiras”. Por isso critica os ataques frequentes de quem ainda vê nas reservas legais um entrave à produção no campo. “O Brasil não pode inovar nesse setor? Temos que copiar de fora só o que oferece menos proteção ambiental?”.

“Precisamos quebrar a capa dura de interesses atrasados defendidos por parte do setor ruralista e trabalhar com interesses de longo do prazo do país”, completou.

Saiba mais:
Anistia é com Carlos Minc
Incongruências ruralistas
Um código com 111 anos de desconversa
Código foi feito para agricultura
A Ciência e a verborragia ruralista


Leia também

Reportagens
27 de janeiro de 2022

Biólogo usa imagens de satélite e inteligência artificial para mapear quaresmeiras na Mata Atlântica

A detecção é possível por meio da coloração das flores da quaresmeira, cujos tons variam do magenta ao roxo. Para isso, utilizou imagens de satélite de acesso gratuito e o chamado deep learning, um recurso de inteligência artificial

Notícias
27 de janeiro de 2022

Polícia Federal investiga maus-tratos e apreende as girafas trazidas pelo BioParque

Em operação da PF acompanhada pelo Ibama, os policiais apreenderam as 15 girafas e investigam supostos maus-tratos aos animais. BioParque nega

Análises
27 de janeiro de 2022

Um lugar para as onças da Mata Atlântica na Década da Restauração

A Mata Atlântica é um pacote completo, com onças e tudo; é preciso urgentemente nos conscientizarmos que uma floresta sem bichos não tem futuro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta