Salada Verde

Devastação na Mata Atlântica

Colunista de O Eco registra em fotos desmatamento de áreas de preservação permanente nas cabeceiras do rio Itajaí, em Santa Catarina. Denúncia foi encaminhada ao Ibama.

Salada Verde ·
26 de janeiro de 2010 · 12 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O colunista de O Eco e fundador do Instituto Rã-Bugio, Germano Woehl Jr, nos enviou uma denúncia de desmatamento nas cabeceiras do rio Itajaí, em Itaiópolis (SC). Autor do blog “O Defensor da Natureza”, Germano registrou em fotos do dia 19 de janeiro a derrubada feita em área de preservação permanente.

“Descobri que a proprietária reside em São Paulo e está realizando investimentos em reflorestamento de pinus e eucalipto nas áreas de APP nas cabeceiras do rio Itajaí, em Itaiópolis (SC)”. diz Germano.”Não faz muito tempo, destruiu com trator-de-esteira outra área nos grotões das cabeceiras do rio Itajaí e surpreendeu a todos pela ousadia de destruir um lugar que parecia ser uma barreira intransponível para o ser humano”, ele continua.

A denúncia foi encaminhada para a superintendência do Ibama de Santa Catarina, mas nenhuma providência foi tomada.

Leia também

Salada Verde
3 de dezembro de 2021

Paraná pretende reativar trecho brasileiro de trilha histórica que liga o Atlântico ao Pacífico

Chamada de Caminhos do Peabiru, trilha tem 1.550 no trecho paranaense, que vai de Paranaguá a Guaíra. Caminho era usado por incas e guaranis, antes da colonização

Notícias
3 de dezembro de 2021

Amapá vende terras públicas invadidas a R$ 46 o hectare

Estado possui mais de 2,5 milhões de hectares de áreas ainda não destinadas. Cerca de 50% deste total é classificado como de importância biológica extremamente alta

Reportagens
3 de dezembro de 2021

Novo Código de Mineração propõe aprovação automática de milhares de processos parados na ANM

Proposta pode afetar mais de 90 mil requerimentos que aguardam aprovações técnicas e ambientais; medida ainda interfere na criação de unidades de conservação e dificulta demarcação de terras indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta