Salada Verde

Bombeiros realizam sepultamento simbólico de animais no Pantanal

Número de focos de calor alcançaram quase o mesmo patamar registrado no ano passado. No Mato Grosso do Sul, bombeiros registram corpos carbonizados de animais

Daniele Bragança ·
24 de agosto de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Macaco carbonizado. Mais uma vítima que não conseguiu fugir. Foto: Corpo de Bombeiros do MS.

Imagens de carcaças carbonizadas de animais silvestres, as grandes vítimas dos incêndios florestais, começam a ser registradas pelos bombeiros do Mato Grosso do Sul. Desde julho, o governo do estado decretou situação de emergência devido à estiagem e risco de incêndio. É o terceiro ano consecutivo de seca e excesso de incêndios no bioma. Em 2020, 30% do bioma foi queimado. 

Sensibilizados com as carcaças de animais carbonizados, bombeiros realizaram o sepultamento simbólico de um macaco encontrado agarrado à árvore, em combate ao fogo em Porto Murtinho, um dos municípios mais atingidos pelas chamas.

“Decidimos realizar o enterro do animalzinho na tentativa de demonstrar a importância da fauna e da flora e de conscientizar a população dos perigos do fogo. É preciso que as pessoas vejam a capacidade de destruição do fogo pra que se conscientizem e em hipótese alguma coloque fogo em vegetação” diz a postagem do Corpo de Bombeiros, no instagram.

Em agosto, o Mato Grosso do Sul alcançou quase o mesmo patamar de focos de incêndio registrados no ano passado. São 2406 focos ativos registrados pelo INPE, entre 01 a 23 de agosto. No mesmo período do ano passado, havia 2508 focos. 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Notícias
24 de agosto de 2021

Iniciado por queda de balão, incêndio já devastou 80% do Parque Estadual do Juquery

Último remanescente de Cerrado na região metropolitana de São Paulo, a unidade de conservação, em Franco da Rocha, ainda está pegando fogo. Suspeitos foram multados

Reportagens
10 de agosto de 2021

Ibama inicia a temporada do fogo com apenas 52% do efetivo de brigadistas

Apesar da autorização para contratar 1.659 temporários, até o final de junho apenas 869 haviam sido contratados. O atraso pelo segundo ano consecutivo compromete ações estratégicas de prevenção

Notícias
24 de junho de 2021

Ação exige que o poder público apresente plano para prevenção de novo desastre no Pantanal

Partidos vão ao STF demandar que a União e Estados pantaneiros apresentem em até 30 dias medidas que evitem as queimadas intensas que ocorreram em 2020 e que podem ser piores neste ano

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta