Fotografia

Um pálido ponto azul na imensidão do espaço

Fotografado pela sonda Voyager 1 a pedido de Carl Sagan, nosso planeta parece ter nenhum interesse especial. Mas para nós é diferente. Foto: NASA

Redação ((o))eco ·
11 de dezembro de 2012 · 9 anos atrás

Nossa Frase do Meio Ambiente de ontem foi retirada do documentário “Uma verdade inconveniente“, escrito por Al Gore e ganhador do Oscar de melhor documentário em 2007. A frase de Gore é dita tendo como plano de fundo a foto tirada em 1990 pela nave Voyager 1 a pedido de Carl Sagan. Ele pediu à NASA que comandasse a Voyager a se virar e produzir fotos do sistema solar, no momento em que esta partia para a etapa interestelar de sua viagem sem volta, distante mais de 6 bilhões de quilômetros da Terra. Inspirado pela foto, alguns anos depois Sagan escreve seu livro “Palido Ponto Azul”, onde descreve a foto com arrebatante lirismo.

Acima você pode ver um detalhe desta foto, conhecida mundialmente como “Pale Blue Dot“, e assistir aqui um vídeo once Carl Sagan lê o trecho de seu livro onde descreve esta mesma foto. Assista também o trecho do filme “Uma verdade inconveniente” onde Gore faz menção à foto e ao texto de Sagan. Foto: NASA

 

Leia também

Notícias
1 de dezembro de 2021

Amazônia acumula 73 mil focos de incêndio em 2021, segundo dados do INPE

Há menos de uma semana, Bolsonaro voltou a afirmar que “floresta úmida não pega fogo”. Número de queimadas no Pampa segue em alta

Notícias
1 de dezembro de 2021

Audiência Pública discute projeto de lei que quer municipalizar áreas de preservação em Angra dos Reis

Projeto que altera gestão da APA Tamoios é da deputada Célia Jordão, esposa do prefeito de Angra. Cerca de 40 organizações se manifestaram contrárias ao PL

Reportagens
30 de novembro de 2021

Há 8 anos na Câmara, projeto que cria uma lei para o mar ainda não tem votação à vista

Série de reportagens investiga motivos da longa tramitação do projeto de lei que institui a Política Nacional para Conservação e o Uso Sustentável do Bioma Marinho Brasileiro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta