Fotografia

Efêmeras florações: as flores do cerrado

Carlos Secchin fotografou o que há de mais representativo do Cerrado na região que fica próxima a Planaltina e deu um tratamento gráfico especial para cada imagem.

Redação ((o))eco ·
15 de janeiro de 2013 · 9 anos atrás


Em 2008 o fotógrafo Carlos Secchin expôs no Jardim Botânico do Rio de Janeiro a exposição “Efêmeras florações”, onde registrou a curta floração de belíssimas plantas do cerrado brasileiro. Inspirado nas técnicas da botânica inglesa Margareth Mee, ele fez um tratamento gráfico especial para cada imagem. A foto é de uma Flor-do-cerrado (Calliandra dysantha), também conhecida popularmente como ciganinha, esponjinha e flor de caboclo. É considerada a flor símbolo do cerrado. Veja mais fotos da exposição.

 

 

Leia também

Notícias
2 de dezembro de 2021

Com maioria no Conama, governo federal impõe mudanças no CNEA

Conama aprova alterações no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas e impõe mais burocracia e custos para a participação da sociedade civil no conselho

Reportagens
2 de dezembro de 2021

Secas recorrentes afetam a capacidade de recuperação da Floresta Amazônica, alerta estudo

Nas últimas duas décadas, a Floresta Amazônica tem sido impactada por secas cada vez mais intensas e frequentes. As mais severas ocorreram em 2005, 2010 e 2015

Notícias
1 de dezembro de 2021

Amazônia acumula 73 mil focos de incêndio em 2021, segundo dados do INPE

Há menos de uma semana, Bolsonaro voltou a afirmar que “floresta úmida não pega fogo”. Número de queimadas no Pampa segue em alta

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta