Notícias

Volney Zanardi é o novo presidente do IBAMA

Nomeação saiu na edição desta quinta-feira (17) no Diário Oficial. Ele assume no lugar de Curt Trennepohl, que estava de licença por problemas de saúde

Daniele Bragança ·
17 de maio de 2012 · 10 anos atrás

Volney Zanardi é o novo presidente do Ibama. O novo presidente, que deixa o cargo de diretor do Departamento de Gestão Estratégica da Secretaria Executiva do Ministério do Meio Ambiente, substitui Curt Trennepohl, que pediu exoneração para cuidar de problemas na saúde. O ex-presidente estava licenciado há mais um mês da presidência do Instituto.

Zanardi é funcionário de carreira da Agência Nacional das Águas (ANA) e atuou no Ibama como coordenador-geral de Licenciamento Ambiental no ano de 2003. Depois disso, assumiu o de direção do Departamento de Articulação Institucional no Ministério do Meio Ambiente (MMA). No Ministério, foi também diretor do Departamento de Articulação Institucional e de Economia e Meio Ambiente.

Antes de assumir a presidência do Ibama, Zanardi, que também é afiliado ao PT, ocupava o cargo de diretor do Departamento de Gestão Estratégica da Secretaria Executiva do MMA e de Secretário-Executivo substituto, trabalhando diretamente com a ministra Izabella Teixeira.

Formado em engenharia química, Volney Zanardi é mestre em Ecologia e doutor em Ciências Ambientais. Sua nomeação para o cargo saiu nesta quinta-feira (17) no Diário Oficial da União.

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Notícias
23 de maio de 2022

Projeto militar para Amazônia quer fim de restrições em áreas de interesse do agro e da mineração

Chamado de “Projeto de Nação”, plano foi anunciado na última semana por três institutos militares. Proposta para Amazônia repete o “ocupar e integrar” dos anos 1970

Colunas
23 de maio de 2022

Todo dia é “Dia do Fogo” na Amazônia

É preciso parar o desmatamento e restaurar a biodiversidade perdida com queimadas e abertura de novas fronteiras agrícolas

Reportagens
23 de maio de 2022

Governo não fechou 645 lixões, como afirma Bolsonaro

Cruzamento de dados oficiais e consulta direta a prefeituras mostram ser falso principal anúncio da “agenda ambiental urbana” do governo

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta