Notícias

Candidatos ao governo do Rio recebem propostas para desenvolvimento florestal no estado

Apresentação foi feita durante Fórum Florestal Fluminense, com propostas de criar plano de restauração, estabelecer mecanismos financeiros para o setor florestal e fomento à silvicultura

Duda Menegassi ·
3 de agosto de 2022

Nesta terça-feira (02/08), membros do Diálogo Florestal apresentaram aos candidatos ao governo estadual do Rio de Janeiro um documento com oito propostas para fomentar o desenvolvimento florestal no estado. A apresentação foi feita durante evento do Fórum Florestal Fluminense, realizado no Museu do Amanhã, no centro do Rio, e contou com a presença de representantes dos candidatos Marcelo Freixo (PSB) e Rodrigo Neves (PDT), que manifestaram apoio à agenda. O atual governador, Cláudio Castro (PL), que irá concorrer nas eleições para se manter no cargo, não enviou nenhum representante.

As recomendações feitas pelo Fórum incluem: a elaboração, de forma participativa, de um plano de restauração e desenvolvimento florestal pro estado; o fortalecimento e transparência dos bancos de dados de florestas; a implementação efetiva do Código Florestal; a criação de linhas de crédito específicas e mecanismos financeiros para o setor florestal; o investimento na gestão das unidades de conservação e incentivos às Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs); e o licenciamento ambiental simplificado para silvicultura (florestas plantadas e manejadas para fins de extração).

O documento elaborado pelo grupo cita dados do Zoneamento Ecológico Econômico do estado (ZEE/RJ), que mostram que mais da metade do território estadual (52% ou cerca de 2,3 milhões de hectares) é área de pastagem subutilizada ou abandonada. “Com a implementação das propostas aqui apresentadas, estes mesmos imóveis poderiam duplicar seu potencial de geração de empregos, aproveitar melhor os recursos naturais e se adequar à legislação ambiental. 

O desenvolvimento do setor florestal é uma alternativa para recuperação produtiva destas terras”, resume trecho do documento (Leia na íntegra).

“Este coletivo defende o comprometimento dos candidatos com a formatação e implementação de um Plano Estadual de Restauração Florestal, bem como a atualização da base de dados do Estado, que está bastante defasada. O documento não se encerra em si mesmo. Está sendo lançado para ser continuamente melhorado e debatido”, destaca o secretário-executivo do Fórum, Jorge Alonso.

O Fórum Florestal Fluminense foi criado em 2008 e promove encontros entre órgãos do governo estadual, representantes de diferentes áreas da sociedade, setor privado, academia e também municípios, para influenciar e estimular a formulação de políticas e regulamentações para o setor florestal no estado do Rio de Janeiro.

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação, montanhismo e divulgação científica.

Leia também

Reportagens
25 de janeiro de 2022

A história de uma floresta vazia que, aos poucos, volta à vida

Como o Parque Nacional da Tijuca virou um laboratório de reintrodução de espécies extintas localmente. E como isso tem ajudado a salvar a floresta

Notícias
2 de agosto de 2022

Pesquisa mapeia áreas prioritárias para conservação de palmeiras no estado do Rio

Estudo mapeou as áreas de distribuição potenciais de 15 das 22 palmeiras nativas do estado para entender impacto do desmatamento e identificar refúgios para as espécies

Análises
27 de julho de 2022

O sonho de plantar florestas

Projeto formigas-de-embaúba envolve professores e alunos da rede pública no plantio de miniflorestas e no despertar para a importância das áreas verdes

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta