Reportagens

“Essa tranquilidade não se encontra em outro lugar”

Seu Germánico Montenegro, desde o Mirante Porto La Amazonas nos conta como o rio lhes dá vida e tranquilidade.

Maricela Rivera ·
16 de outubro de 2012 · 9 anos atrás
Seu Germánico é um ex-militar que decidiu ficar aqui por encontrar a tranquilidade. Crédito: Rubén Ramírez - Finding Species
Seu Germánico é um ex-militar que decidiu ficar aqui por encontrar a tranquilidade. Crédito: Rubén Ramírez – Finding Species
Ao final da tarde, no caminho de Banhos para Shell desfilam imagens de vilarejos, montanhas, cascatas e o majestoso Rio Pastaza. Entre as paisagens, destacam pontos turísticos com ofertas para todos os gostos. Nos chama a atenção um grande letreiro, Mirador Puerto La Amazonas. Três cachorros nos recebem, seu trato amável mostra que eles têm costume de se encontrar com visitantes. Nossa atenção, porém, é conquistada pela paisagem frente a nós, o grande Rio Pastaza abrindo-se espaço para a Amazônia enquanto a cordilheira se aplana. 

E foi essa paisagem a que seduziu oito anos atrás, Seu Germânico Montenegro e sua esposa Meche, que decidiram estabelecer ali seu negócio e domicílio. Como militar, Germânico, nascido em Otavalo, viajou por muitos lugares do Equador, “eu em nenhum outro lado me senti assim, essa tranquilidade não se encontra em outro lugar”. Agora aposentado, seus distintivos militares estão pendurados na parede da pequena mercearia que atende Meche, que com um sorriso nos conta que é de Chone. 

Desde que eles chegaram viram que com os anos a qualidade da água foi afetada, mas existem ainda umas 20 espécies de peixes. “Nós vivemos do rio, oferecemos rafting e queremos construir uma tarabita que atravesse o Pastaza”. Qualquer coisa que aconteça rio acima afeta seu curso, “mas o rio não está contaminado, ao contrário do Rio Napo que tem poços petrolíferos perto”.

Com o braço, onde tem uma tatuagem de Jesús do Grande Poder, Germánico mostra a rota que devemos seguir. Enquanto isso Meche brinca amorosamente com o gato que não tem visto ela por uma semana. Os cachorros alegres parecem saber que vamos partir, e se reúnem ao lado de seus donos. Perto de sua rede e com um sorriso, Germânico e Meche se despedem. Boa viagem!

Leia também

Notícias
22 de outubro de 2021

“Adote um ninho”: Conheça a campanha para a preservação dos papagaios brasileiros

Campanha busca incentivar a proteção dos papagaios por meio da construção de ninhos artificiais para suprir a falta de cavidades naturais, que estão diminuindo por conta do desmatamento

Análises
22 de outubro de 2021

Por uma nova onda de soluções para a resiliência e a saúde do oceano

Estudo do FMI estima que 8 milhões de toneladas de lixo plástico acabam no mar todos os anos, sendo 80% provenientes do continente. Se não mudarmos esse quadro, o oceano terá mais lixo do que peixes até 2050

Salada Verde
21 de outubro de 2021

Polícia Civil do Maranhão prende um dos homens que matou onça preta e se gabou nas redes sociais

Corpo do animal abatido foi filmado por três homens, que comemoraram o feito. O homem preso também será multado pelo Ibama.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. MARLI ALVES PEREIRA VASCONCELLOS diz:

    Não entendo o porquê esconder o rosto do homem, adulto!! Ele mostrou a cara nas redes sociais!! É preciso identificar criminosos.