Salada Verde

Novo presidente da Câmara é eleito com apoio dos ruralistas

Com promessas de colocar em votação projetos importantes do agronegócio, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) vence eleição com ampla vantagem.

·
4 de fevereiro de 2013 · 9 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) foi escolhido o novo presidente da Câmara dos Deputados para o biênio 2013/2015. Foto: Antonio Cruz/ABr.
O deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) foi escolhido o novo presidente da Câmara dos Deputados para o biênio 2013/2015. Foto: Antonio Cruz/ABr.

A Câmara dos Deputados escolheu o deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) para ser o novo mandatário da casa. A eleição aconteceu nesta segunda-feira (04). Eleito após prometer apoio irrestrito às demandas da bancada ruralista, Alves foi escolhido por 53% dos deputados.

Para ganhar, o vencedor precisava de 257 votos. Henrique Alves atingiu esse patamar por pouco ao ser eleito com 271 votos. Júlio Delgado, do PSB de Minas Gerais, teve 165. Rose de Freitas (PMDB-ES) teve 47. Chico Alencar, candidato do PSOL pelo Rio de Janeiro, teve o menor número de votos: apenas 11. Houve ainda 3 votos brancos. No total, votaram 497 deputados.

A bancada ruralista trabalha para que seus projetos sejam colocados em votação, como a PEC 215, que transfere do Executivo para o Congresso a prerrogativa de criação de unidades de conservação e demarcação de terras quilombolas e terras indígenas. Os ruralistas sabem que ganham no voto. Foi exatamente essa hegemonia que mostraram ano passado, ao conseguirem a mudança do Código Florestal Brasileiro.

Henrique Alves foi um dos 274 deputados que votaram a favor da mudança do Código Florestal Brasileiro com o texto da Câmara, considerado pelos ambientalistas a pior versão do Código. A derrota na votação do Código Florestal também foi considerada a maior derrota que o Executivo sofreu em 2012.

O nome de Henrique Alves já estava na mesa há dois anos, quando o PT costurou o acordo com o PMDB para a eleição de Marco Maia, em 2011.

No discurso de posse, na tarde desta segunda-feira (4), Alves não decepcionou sua base de apoio ao falar que “a noite da votação do Código Florestal foi como a noite dos meus sonhos”. Para o novo presidente da Câmara, a votação do Código expressou o auge do parlamento, que debateu longamente o tema e o votou. Alves terminou sua fala agradecendo o apoio e dizendo-se emocionado por presidir a casa em que trabalha como parlamentar desde 1970. Foi aplaudido de pé. Hoje, ele exerce o seu 11º mandato consecutivo de deputado federal. O discurso de posse de 15 minutos pode ser conferido neste link da Agência Câmara de Notícias.

Com a eleição de Renan Calheiros para a presidência do Senado, na última sexta-feira, e de Henrique Alves hoje, o Congresso Nacional será governado por dois peemedebistas no biênio 2013/2014.

Leia também

Salada Verde
21 de outubro de 2021

Polícia Civil do Maranhão prende um dos homens que matou onça preta e se gabou nas redes sociais

Corpo do animal abatido foi filmado por três homens, que comemoraram o feito. O homem preso também será multado pelo Ibama.

Reportagens
21 de outubro de 2021

COP26 – Brasil tentou minimizar impacto das emissões da pecuária em relatório do IPCC

País também defendeu que aumento do desmatamento não é resultado da política atual brasileira. Outros países fizeram lobby para mudar relatório climático.

Reportagens
21 de outubro de 2021

Estudo aponta diretrizes para barrar a degradação acelerada de campos e savanas

As chamadas grasslands estão ameaçadas em todo o planeta, alerta um grupo internacional de pesquisadores. Solução envolve restauração e busca de alternativas de exploração econômica sustentáveis

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta