Salada Verde

Depois de incerteza, Ibama faz contrato emergencial para uso de helicópteros

O contrato foi firmado com a empresa Helisul no valor total de R$20 milhões e possui previsão de pagamento mensal, até que processo padrão de contratação seja concluído

Duda Menegassi ·
1 de março de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Depois do clima de incerteza sobre a continuidade da contratação dos serviços de helicópteros, que venceu na última sexta-feira (26), o Ibama firmou nesta segunda-feira (1º) um contrato emergencial para garantir pelo menos seis aeronaves para realização de suas atividades, como fiscalização e apoio no combate a incêndios florestais. O contrato foi firmado com a empresa de táxi aéreo Helisul e, como foi firmado emergencialmente, dispensou licitação. O valor total do contrato é de R$20.015.575,20.

O pagamento à empresa será realizado de forma mensal, no valor de R$3,3 milhões e poderá ser encerrado mediante a contratação de uma nova empresa para prestação do serviço, através do processo normal de licitação.

Segundo reportagem de André Borges para O Estadão, o processo chegou a receber um alerta de que a contratação da Helisul poderia levar à suspeita de favorecimento da empresa, mas a informação foi apagada depois pelo órgão ambiental. Ainda de acordo com a apuração do repórter, o edital padrão, que evitaria o rito emergencial, está travado dentro do Ibama há mais de 8 meses.

 

*Foto em destaque: Ibama/Divulgação

 

Leia também

Ibama avisa que irá apurar a responsabilidade por mortes de animais no Cetas-RJ

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação, montanhismo e divulgação científica. Escreve para ((o))eco des...

Leia também

Salada Verde
25 de fevereiro de 2021

Ibama avisa que irá apurar a responsabilidade por mortes de animais no Cetas-RJ

Serão abertos cinco processos de apuração de responsabilidade no caso da falta de tratadores que causou a morte de centenas de animais. PF e MPF também investigam o caso

Notícias
14 de janeiro de 2022

Thiago de Mello, conhecido como o “poeta da floresta”, morre aos 95 anos

Poeta e jornalista amazonense cantou em prosa e verso sua luta pela preservação da maior floresta tropical do mundo

Reportagens
14 de janeiro de 2022

Venenos usados na soja seguem prejudicando a produção de frutas no Rio Grande do Sul

Agrotóxicos contra pragas resistentes ao glifosato contaminam e destroem plantios de uvas e outras economias no estado. Questão aguarda decisão judicial há mais de 1 ano

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta